Viatura da PM é cercada e policiais acionam reforço em Seringueiras, RO

                     (Foto ilustrativa)

Um grupo entrou em confronto com a Polícia Militar (PM) em Seringueiras (RO), distante a cerca de 530 quilômetros de Porto velho nessa semana. Segundo o boletim de ocorrências, a polícia teve que fugir do local porque manifestantes teriam cercado a viatura e ameaçado incendiar o carro. A PM alega que os manifestantes eram da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) que realizavam um protesto na manhã de quinta-feira (22) no município do Vale do Guaporé.

Conforme informações do registro policial, uma equipe da PM realizava uma abordagem de rotina a um motociclista na Linha 02, na Zona Rural de Seringueiras. Quando deixavam o local da abordagem, os militares avistaram duas motocicletas e um carro se aproximando. Os suspeitos chegaram à região e cercaram a viatura policial. A guarnição solicitou reforço de outras equipes.

Segundo a PM, alguns membros do grupo, que estavam com o rosto coberto, começaram a ameaçar e xingar os policiais, afirmando que iriam atear fogo na viatura. Os manifestantes teriam afirmado que a presença da PM no local era um insulto à Liga.

Com a chegada de uma segunda viatura da polícia, um dos integrantes da LCP disseram que também teriam reforços contra a PM. Pouco depois, um caminhão chegou ao local e dezenas de pessoas desceram do veículo, cercando as duas viaturas.

Segundo o boletim de ocorrências, os policiais se viram obrigados a deixar o local para evitar um possível conflito com o grupo. Os militares conduziram a viatura de marcha ré por aproximadamente 800 metros, momento em que os membros do movimento começaram a bater e arremessar pedaços de pau e pedras contra o veículo.

Invasões na região
Em julho, membros da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) ocuparam a fazenda Bom Futuro em Seringueiras (RO). De acordo com a Polícia Militar (PM), a ocupação aconteceu depois que dois ônibus lotados estacionaram na entrada da fazenda.

Na sequência, seis homens armados desceram e caminharam em direção à propriedade, onde fizeram o dono da fazenda e um funcionário reféns. Outro funcionário percebeu a movimentação e conseguiu se esconder na pastagem e ligar para a polícia.

Os reféns foram mantidos amarrados e encapuzados. Horas depois foram obrigados a deixar a fazenda. Além dos ônibus, diversos veículos de passeio foram vistos adentrando a fazenda após a invasão. Os acampados ficaram na propriedade por 40 dias e só saíram no dia 26 de agosto.

No último dia 29 de agosto, homens armados invadiram uma propriedade em São Francisco do Guaporé e fizeram cinco adultos e uma criança reféns por mais de 10 horas. Os suspeitos estavam armados e levaram dinheiro e armas que estavam guardados na residência. Os reféns só foram libertos no início da madrugada do dia 30 de agosto.

FONTE: G1/RO

Unidas – Aluguel de Carros: Alugue um Carro Sedan 1.4 Completo com Ar pelo preço de um Hatch 1.0. São mais de 70 pontos de atendimento! –https://www.peixeurbano.com.br/porto-velho/unidas/desconto-em-locacao-de-carrogpxz?utm_source=EmailNews

Assistência Técnica em: Ar Condicionado, geladeiras, Freezer e bebedouros.

Descontos de 20% para os servidores Agepens, socio educadores, Policiais e Bombeiros.

Fone/wats: (69) 99238-3633 técnico Vieira 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.