ORGULHO DO MADEIRA – Militar do Exército é preso por desobediência

 O militar afirmou que não era bandido, recusando ser abordado. Em seguida, ele teria insinuado que algum dos policiais iam forjá-lo

Na noite de quinta-feira (27) um soldado do Exército Brasileiro, lotado na 17° Brigada, foi preso pelo crime de desobediência. O fato aconteceu no condomínio Orgulho do Madeira, localizado na zona Leste de Porto Velho.

Uma guarnição da Polícia Militar recebeu determinação para averiguar dois jovens que estariam comercializando droga no local. Os policiais viram o soldado com as mesmas características repassadas pelo denunciante e fizeram a abordagem.

Neste momento, o militar afirmou que não era bandido, recusando ser abordado. Em seguida, ele teria insinuado que algum dos policiais iam forjá-lo, colocando droga no bolso dele. Não satisfeito, o soldado passou a tentar instigar a população contra a guarnição, afirmando que os policiais deveriam ir atrás de bandidos e não de trabalhadores.

Diante dos fatos, o militar, identificado pelas inicias do nome A. S. G. (21) recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

Fonte: Rondoniaaovivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.