Deputado Jesuíno Boabaid é reintegrado ao quadro da PM/RO

Um dia após comemorar seu aniversário, o deputado estadual Jesuíno Boabaid (PMN), ganhou, sem dúvidas, o seu melhor presente: o retorno ao quadro da polícia militar do estado de Rondônia. O Governador do Estado em exercício, Daniel Pereira, assinou o Decreto dando anistia ao parlamentar, que foi excluído do quadro militar no ano de 2012.

Boabaid entrou para a PMRO no ano de 2002, atuando na Rádio Patrulha e na Base Comunitária do bairro Nacional, onde pôde ver de perto as necessidades da população. Ajudando a combater a criminalidade e dando exemplo de como um policial militar deve interagir com a comunidade, Jesuíno Boabaid ganhou respeito e admiração dos moradores do bairro Nacional.

Percebendo as necessidades da PMRO, Boabaid encabeçou diversas ideias sobre melhorias para a classe, tanto no que se refere às condições de trabalho, quanto às condições salariais. Devido seu pulso firme e mente idealizadora, o presidente da Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia (ASSFAPOM), juntamente com sua esposa, vice – presidente da ASSFAPOM, Ada Dantas, enfrentaram o Governo em busca das melhorias que a classe militar tanto necessitava.

Manifestos nas ruas e portões de batalhões fechados foram algumas das ações por parte do parlamentar, que como consequência, foi excluído da polícia em abril de 2012. A exclusão do atual parlamentar se deu tendo em vista acusações de que ele, por ser, na época, Presidente da Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia (ASSFAPOM), ter publicado algumas matérias na página da referida associação, onde criticava e cobrava do Governador do Estado, melhores condições de trabalho para os Policiais e Bombeiros Militares do Estado.

Boabaid acabou sendo beneficiado com a publicação da Lei Estadual nº 3.966 de 23 de dezembro de 2016, que concede anistia aos Policiais e Bombeiros Militares de inúmeros Estados, dentre eles Rondônia, punidos por participar de movimentos reivindicatórios. Tal Lei anula a portaria nº 059/CORREGEPOM/2011 que determinou sua exclusão. 

“Gostaria de compartilhar com os amigos militares e civis, familiares e todas as pessoas que acompanharam a minha luta para ser reintegrado as fileiras da Polícia Militar de Rondônia. Hoje 28 de março de 2017, um dia depois do meu aniversário, o Governador em exercício, Daniel Pereira, assinou o Decreto que concede anistia e me reintegra a corporação militar, com base na anistia estadual 3.966 de 23 de dezembro de 2016. Gostaria de agradecer a Deus em primeiro lugar e a minha esposa e filhos que vivenciaram o meu sofrimento. Agora eu posso dizer com muito orgulho, sou soldado da polícia militar de Rondônia da reserva remunerada. Como sempre digo, a nossa Luta Continua!!!” concluiu Boabaid.

Fonte: Assfapom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.