Governo abre licitações milionárias para abastecer com alimentação presídios do interior 

A Superintendência Estadual de Compras e Licitações lançou diversos editais em seu portal que objetiva a aquisição de refeições prontas para cadeias de cinco municípios de Rondônia. Os avisos de licitações foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) e revelam os gastos milionários que o executivo tem para alimentar os presidiários. Os certames estão marcados para acontecer entre os dias 14 e 25 de outubro.

O primeiro edital é do Pregão Eletrônico N° 380/2016. Nele, a Secretaria de Justiça (Sejus) solicita ao Presídio de Rolim de Moura, 302.040 mil unidades de refeições prontas (Café da manhã, almoço, janta, lanche da tarde e da noite), por um ano. A Sejus estaria disposta a pagar até R$ 1.711.484,64 milhão de reais.  A licitação é tipo por menor preço.

No café da manhã, ficará a empresa ganhadora fornecer leite integral/Pó, café, achocolatado, pão e margarina. No almoço e jantar, salada crua, um prato protéico (não pode ser repetido durante a semana), arroz e feijão, e por fim, uma guarnição (não pode ser repetida durante a semana). Desses, a contratada deve servir frango sem osso, peixe sem espinhas, carnes sem ossos. Já no lanche, sanduíches, frutas e suco de frutas.

O segundo edital diz respeito ao Pregão Eletrônico N° 381/2016. A Sejus solicita também café da manhã, almoço, janta, lanche da tarde e lanche da noite num total de 303.082 mil unidades ao Presídio de Pimenta Bueno. A Secretaria estima R$ 1.720.472, 23 milhão de reais pelos serviços. A licitação também é por menor preço.

Existe ainda edital do Pregão Eletrônico N° 373/2016 que solicita 78.883 mil unidades de refeições para o Presídio de Costa Marques. Neste não inclui o “lanche da tarde”. O valor estimado é de R$ 470 mil reais.

Fonte: NewsRondônia

Editado por: rondoniaemqap

Publicidade 
Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *