HUMILHAÇÕES – mais um PM passa mal durante realização do CFS I

image

E mais uma vez acontece um fato lamentável durante a realização do Curso de Formação de Sargentos I (CFS I), ora ministrado pelo Capitão PM Luiz Carlos Garibaldi. Um Policial Militar, sendo este o 4º da lista, passou mal durante as ministrações do seu instrutor, tendo de ser socorrido às pressas.

Ada Dantas, Presidente da Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia (ASSFAPOM) já havia recebido denúncia informando sobre a forma que o Capitão Garibaldi estava conduzindo a formação. O denunciante afirmava que os alunos ficavam expostos ao sol forte, por longos minutos.

A Presidente então foi em busca de confirmar a veracidade das informações repassadas por um dos alunos, e assim o fez. Por volta das 14h de ontem (10), Ada Dantas flagrou dezenas de Policiais Militares debaixo do sol forte, que marcava os 36graus, expostos a inúmeros riscos, inclusive câncer de pele. Ela fez transmissão ao vivo através de uma rede social para mostrar o fato.

Após o flagrante claro de humilhação a qual os alunos estavam sendo submetidos, foi dada a devida mídia ao caso e acabou chegando ao conhecimento do Capitão Garibaldi. “Como retaliação, ele (Garibaldi) colocou todo mundo em forma e disse que amanhã nós (alunos) teremos que estar aqui às 5h da manhã” declarou o denunciante, afirmando ainda que o Capitão Garibaldi disse que investigará quem o denunciou e irá puni-lo exemplarmente.

Ada Dantas afirmou que já entrou em contato com o Deputado Jesuíno Boabaid (PMN), que é Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, para que o parlamentar inicie logo o processo de investigação contra o instrutor Capitão PM Luiz Carlos Garibaldi para de pôr um fim ao sofrimento desnecessário e vexatório ao qual os Policiais Militares estão sendo submetidos. “Aqui tem policiais com vários anos de serviços prestados, sendo que alguns estão esperando apenas dois anos para irem para a Reserva Remunerada e agora estão sendo submetidos a esta humilhação” concluiu Ada Dantas.

FONTE: assessoria – ASSFAPOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *