Agentes penitenciários e socioeducadores decidem suspender greve por 30 dias

image

Na tarde deste sábado (18), no sindicato da categoria dos agentes penitenciários e socioeducadores, os servidores em assembléia decidiram suspender a greve por 30 dias, até o governo apresentar o novo PCCR da categoria.

Depois de 02 (dois) dias de greve dos servidores penitenciários, o governo aceitou acatar a contra proposta dos servidores, pois o antigo PCCR da categoria apresentado pelo governo não foi aceito pelos servidores, diante dos descasos e vários acordos não cumpridos pelo governo, os servidores decidiram paralisar as atividades, o judiciário já tinha pedido a suspensão da greve, sob pena de multas o não cumprimento.

Em acordo nesta sexta-feira (17), o representante da categoria juntamente com a associação dos servidores e toda cúpula do governo, já tinham decido por suspender a greve, segundo o presidente da categoria foi feito pelo bem da categoria, para não prejudicar a classe e atender o pedido do judiciário.

Houve alguns servidores contra o prazo de 30 dias para o governo apresentar a nova proposta, pedindo pela continuidade da greve, e também não concordam pelo prazo de 60 dias para apresentação, mas por unanimidade os servidores aceitaram o prazo de 30 dias a suspensão da greve.

Até lá os servidores estão ansiosos e esperançosos por um plano que venha atender o anseio da  categoria, não como o enviado antes, que era uma afronta aos servidores. Disse um servidor.

FONTE : RONDONIAEMQAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *