Governo de Rondônia convoca policiais para manter segurança de presídios

image
(Ofício convocando os policiais militares para se apresentarem)

Com a greve dos agentes penitenciários de Rondônia marcada para esta quinta-feira (16), o governo do Estado de Rondônia temendo um colapso no sistema prisional do Estado, convoca policiais militares para manter a segurança das unidades.

Rondônia levou o Brasil a OEA pela chacina ocorrida no presídio urso branco de porto velho no ano de 2002, com isso gerando vários pactos com a corte interamericana de direitos humanos.

Os responsáveis que estão há frente da secretaria de estado e justiça e a cúpula do governo temem a greve dos servidores, pois esses profissionais prestam um serviço de grande relevância para a sociedade, e quando decretam greve há uma grande repercussão, podendo gerar perdas irreparáveis.

Agentes penitenciários contam que desde 2011 vem tentando um diálogo para tentar resolver a solução do PCCR da categoria, mas o governo até hoje não se posicionou de forma objetiva e que venha agradar toda a classe, foi apresentado um PCCR que não agradou a categoria, os servidores rejeitaram a proposta enviado pelo governo.

De última hora a secretaria de justiça publicou uma portaria que normatizam os procedimentos durante a greve da categoria, os servidores receberam como uma afronta, entenderam como uma intimidação por parte da secretaria, tendo em vista os servidores vão estar sob as ordens dos comandantes da PM. Comentou um servidor.

image
(Portaria da secretaria de estado e justiça normalizando atividades)

FONTE: RONDONIAEMQAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *