Agente de escolta penitenciária cria projeto de Lei para corrigir a ilegalidade da redução do Adicional de Insalubridade dos Servidores Readaptados.

Quarta-feira, 25 de novembro de 2015, 21:00 hs.
image

http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=Readaptados

O servidor Antonio Carlos Ribeiro, Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária do Estado de São Paulo onde no dia 31-01-2010 no trajeto ao trabalho, para a Penitenciária de Iaras- SP, às 05:50 da manhã, sofreu um gravíssimo acidente.

Os detalhes de como foi e saiu desse quadro terrível encontra-se descrito em seu blog que  criou para demonstrar o poder de Deus e o que "todos nós se termos força de vontade podemos mudar todo quadro clínico que nos enquadramos" relatou

http://www.nascerdenovoem2010.blogspot.com.br/?m=1

Acessem e vejam o grande milagre que Deus o concedeu, após 1 ano, 10 meses e 15 dias, no dia 15 de dezembro de 2011, retornou ao trabalho, não na mesma função de origem, devido um atestado de restrição dado pelo médico. Mas, chegando lá, e com o intuito de que fosse melhor para a sua recuperação,  conversou com o Diretor da época que entrou com um requerimento junto ao DPME, para que fosse readaptado e pudesse desempenhar um trabalho adequado à sua condição física.

Na busca por justiça e legalidade o servidor relata que, após a readaptação teve o desconto nos vencimentos dos servidores readaptados. Sofreram uma redução de R$ 407,75 até o mês de fevereiro e após o reajuste no referido adicional a diferença aumentou para R$ 428,61 no salário, além das condições precárias no ambiente de trabalho.

"Então conclamamos a toda sociedade civil apoiar-nos nessa causa para corrigir um pouco nossa desvalorização e mostrar que mesmo estando limitados em nossa saúde lutamos todos os dias em nosso trabalho, somos limitados, mas cumprimos fielmente com nosso dever" Relatou o servidor.

FONTE: RONDÔNIA EM QAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *