PCRO identifica responsável por ameaças de ação terrorista na Escola Estadual Camela Dutra

A especializada levantou indícios que as menores pretendia praticar canibalismo contra possíveis vítimas.

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por intermédio do Departamento de Estratégia e Inteligência em ação conjunta com a Delegacia Especializada em Apuração a Atos Infracionais, deflagrou na manhã desta sexta-feira (20/05), uma operação em combate as ameaças de terrorismo na Escola de Ensino Fundamental Carmela Dutra, em Porto Velho-RO.

Segundo as investigações, uma aluna teria recebido as ameaças via aplicativo telegram, feitas por um perfil fake cujo teor o criminoso exibia armas de fogo e munições afirmando que atiraria nos alunos da escola.

As investigações iniciaram na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado-DRACO 1, através do Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro-LAB.

Diante das informações, a autoridade policial representou pela busca na residência da suspeita. Após identificarem que o autor do fato era uma adolescente, a ocorrência foi encaminhada a DEAAI.

Na manhã desta sexta-feira, os agentes da DEAAI, cumpriram a ordem judicial. A adolescente de 17 anos foi localizada em Porto Velho-RO. Aos policiais e na presença da genitora, ela confessou o fato e delatou a participação de uma colega de 16 anos.

Em sua residência, os agentes encontraram máscara de personagem satânica, faca curvada, simulacros de arma de fogo, notebook contendo provas do crime.

A DEAAI acredita que a jovem inspirou suas pretensões no cenário de filmes de terror. A especializada levantou indícios que as menores pretendia praticar canibalismo contra possíveis vítimas.

A jovem será responsabilizada na forma do estatuto da criança e do adolescente, por ato infracional análogo ao crime de ameaça, em procedimento devido.

A Polícia Civil alerta que a internet não é um espaço sem qualquer fiscalização ou vigilância.

Mesmo que os criminosos tentem se esconder, a polícia sempre os identificará e os responsabilizará na forma da lei.

A Polícia Civil de Rondônia demonstrou mais uma vez preparo para lidar com situações dessa natureza, preservando a vida e garantindo justiça, paz e proteção.

 

 

Por Assessoria – PCRO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.