Em carta, preso tenta subornar Policial: “Posso te pagar R$ 3 mil”

O preso pediu para não ser denunciado, caso o Policial Penal não aceitasse a oferta.

Um detento tentou subornar um policial penal com R$ 3 mil para que ele facilitasse a entrada de celulares e carregadores na Unidade Prisional de Corumbá de Goiás, no centro do estado, a 11o km da capital goiana. Na carta que escreveu, o preso pediu para não ser denunciado, caso o Policial não aceitasse a oferta.

“Se não der certo, quero pedir para o senhor não esparrar o meu lado. […] Quero ver com o senhor se faz um corre para mim de dois rádios completos [celulares com carregadores]. O que eu posso te pagar é R$ 3 mil. […] Tenho total respeito pelo senhor”.

Carta

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que a carta manuscrita foi encontrada pelo policial penal durante revista padrão da cela do detento, no último sábado (13/11).

A DGAP também contou que o policial reportou a tentativa de suborno imediatamente à direção do presídio e levou o preso a uma delegacia para registrar o caso na Polícia Civil. A corporação informou que o detento deve responder pelo crime de corrupção ativa.

Veja o manuscrito:

 

 

Por Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *