PF participa da Operação Ikatere em combate a pesca ilegal

A ação tem como objetivo combater mundialmente crimes marítimos por meio do aprimoramento da cooperação interinstitucional.

A Polícia Federal, com o apoio de servidores do IBAMA, participa nesta quinta-feira (7/10) da Operação Ikatere, organizada pela INTERPOL e direcionada a combater a pesca ilegal, não-comunicada e irregular, bem como outros crimes relacionados.

A INTERPOL busca, com este tipo de ação, atuar mundialmente para prevenir e combater os crimes marítimos, por meio do aprimoramento da cooperação interinstitucional nos países-membros e da inovação em matéria de polícia e segurança, com o objetivo de estimular a cooperação internacional na investigação transnacional e, em última instância, desmantelar as redes criminosas ligadas a esses crimes.

Na costa capixaba, os trabalhos estão sendo realizados desde às 4h entre a Barra do Riacho em Aracruz, até a foz do Rio Doce em Linhares. Nessa área, vigora uma área de exclusão de pesca.

Também estão sendo realizadas abordagens, que buscam prevenir e orientar os pescadores locais em relação à legislação e, em especial, sobre a importância das medidas de proteção e equipamentos essenciais para a proteção da vida durante a atividade pesqueira.

Os resultados da ação serão computados ao fim do dia.

 

O NOME

Na mitologia maori e polinésia, Ikatere, também escrito Ika-tere, é um deus dos peixes, o pai de todas as criaturas do mar, incluindo sereias.

75bcbc11-126d-4712-8df8-4c7597be6ece.jpg

2497ae53-1fc8-4a60-b99f-185c8a770943.jpg

 

 


Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *