PM/RO realiza treinamento de repressão a assalto em estabelecimento de guarda de

A ação simulada concentrou esforços para o estabelecimento de procedimentos preventivos, de inteligência e de repressão, no que tange ao combate à violência em área urbana.

Por meio dos Batalhões Especializados, BPChoque – Batalhão de Policiamento de Choque, BOPE- Batalhão de Operações Policiais Militares, Batalhão de Trânsito, 1º Batalhão de Polícia Militar (1ºBPM), e uma viatura do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), a Polícia Militar de Rondônia (PMRO) realizou na tarde de hoje, 22, na Capital, treinamento de repressão a assalto em estabelecimento de guarda de numerários. A ação simulada concentrou esforços para o estabelecimento de procedimentos preventivos, de inteligência e de repressão, no que tange ao combate à violência em área urbana.

Os Batalhões Especializados cumpriram rigorosamente as doutrinas estudadas durante as formações dos Batalhões e os aperfeiçoamentos diversos. Foram empregadas ações simuladas, por meio do policiamento especializado, com a finalidade de reprimir ações ilícitas contra empresas de transporte de valores, de modo a estabelecer pronta resposta em caso de possível invasão à base de empresas dessa natureza.

De acordo com o major PM Ralison Baumann, subcomandante do Batalhão de Choque e comandante do treinamento, o objetivo geral foi alcançado. “Estabelecemos uma padronização de ações a serem adotadas em situação de invasão de bases de empresas de transporte de valores, com situação de túnel, sequestro de veículos e/ou existência de reféns” explicou. “ É melhor estarmos preparados e não precisar do que precisar e não estamos prontos”.

O que se tem visto em nível nacional são ações de grupos criminosos agindo de forma violenta em diversas cidades do país. Eles têm agido fortemente armados nos chamados Domínio de Cidades. Roubam bancos, empresas de valores e tomam como escudos os cidadãos de bem. Por este e outros motivos o Batalhão de Operações de Choque, sob a supervisão da Coordenadoria de Planejamento Operacional, realizou a simulação de invasão a base de empresa de transporte de valores por grupo criminoso organizado;

O gerente da empresa de valores, Ricardo de Almeida, explicou que o convite para os batalhões especializados realizar o treinamento foi feito ao comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Almeida que prontamente determinou o planejamento e a realização do evento, visando estabelecer procedimentos e uniformizar diretrizes de enfrentamento e prevenção contra estas modalidades de ações criminosas. “Este treinamento, foi feito em outras Unidades da federação que, algumas sofreram ações criminosas com os criminosos presos.

Nesta simulação, foram utilizadas as técnicas de negociação com “criminosos”, atiradores de precisão, e ao final o artefato explosivo que seria utilizado para explodir o carro forte foi detonado pelo policial militar especializado em destruir os explosivos.

bope treinamento baumann 1

bope treinamento2

 

 

Fotos: Dcoms

Fonte: Dcoms

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *