PMRO realiza culto de adoração pela saúde do presidente Jair Bolsonaro e vida de Policiais Militares

Este culto foi feito para celebrar a vida, e orar pela saúde dos nossos gestores”, finalizou o coronel PM Almeida.

Louvores, bênçãos, momentos de oração e reflexão fizeram parte do 3º Culto de Adoração que aconteceu na manhã de sexta-feira, 16, no Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar de Rondônia (PMRO). O pastor Márcio Andrade ministrou a pregação com o pastor Netinho, e a animação ficou por conta de apresentação da Banda de Música da PM que abrilhantou o evento com louvores.

Durante o culto, foram realizadas orações, testemunhos, mensagens baseadas no livro de Mateus, capítulo 3:2 e outros livros das Sagradas Escrituras. Participaram do culto o Comandante-Geral da PMRO, coronel PM Alexandre Luís de Freitas Almeida; o Subcomandante-Geral, coronel PM Plínio Sérgio Cavalcanti; o chefe de Estado-Maior Geral, coronel PM Vanderley da Costa; coordenador de Atividades Sociais, coronel PM Alex Silveira Diefenthaeler.

O ato religioso precisou passar por adaptações por ocasião das medidas de proteção contra o novo coronavírus e aconteceu ao ar livre. Por isso, a PM fez uso do álcool em gel 70% e garantiu o distanciamento social, além disso, todos os presentes estavam usando máscaras.

As mensagens bíblicas foram proferidas pelo pastor Cláudio Andrade, com testemunho do sargento PM Simplício, logo após o  comandante-geral da PMRO realizou orações de agradecimento e interseção pela saúde do presidente da república, Jair Messias Bolsonaro e vida do governador coronel Marcos Rocha e  secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, coronel José Hélio Cysneiros Pachá, e as demais autoridades instituídas por Deus para comandar os destinos de nossa nação e nosso Estado.

Foram homenageadas com uma Revista Comemorativa de 45 anos e um livro da Guarda Territorial o pastor Márcio Andrade, o coronel PM Diefenthaeler, o coordenador da Operação BFN Mamoré- Rondônia, major PM Arthur, a diretora de saúde, capitã PM Dent Engel Madyonara.

A oração final foi realizada pelo comandante-geral da PMRO, coronel PM Almeida, que agradeceu pela saúde dos policiais militares e familiares. “Esse tem sido um ano difícil para todos nós, para a sociedade e também para nós que somos policiais militares que estamos na linha de frente e escolhemos essa missão de servir à população. Este culto foi feito para celebrar a vida, e orar pela saúde dos nossos gestores”, finalizou o coronel PM Almeida.

 

Por DCOMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *