PF cumpre novos mandados de busca na Operação Registro Espúrio

Nesta fase, a investigação apontou para o desvio de mais de R$ 2,5 milhões do Ministério do Trabalho por um único representante sindical.

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (22/6) quatro mandados de busca e apreensão em mais um desdobramento da Operação Registro Espúrio para apurar crimes de ocultação de bens e valores obtidos a partir dos lucros decorrentes das fraudes nas restituições de contribuição sindical identificadas na operação.

Nesta fase, a investigação apontou para o desvio de mais de R$ 2,5 milhões do Ministério do Trabalho por um único representante sindical, bem como o fato deste ter utilizado a própria companheira para ocultar bens e valores.

Os envolvidos responderão pelo crime de lavagem de dinheiro, cuja pena pode chegar a 10 anos de prisão (Lei n. 9.613/1998).

Esta fase da operação faz parte do processo sistemático e contínuo adotado pela Polícia Federal de constrição do patrimônio dos membros das organizações criminosas voltadas ao desvio de recursos públicos, com o principal objetivo ressarcir o erário.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Distrito Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *