Singeperon oficiou a SEJUS/RO requerendo que as visitações dos apenados continuem suspensas

“Precisamos Vacinar e não de ações que contribuam com o descontrole da Pandemia!”, afirmou a presidente do Sindicato.

Após publicação de portaria no Diário Oficial de Rondônia autorizando as visitações nas unidades prisionais de Rondônia a partir do dia 17 de junho, o SINGEPERON se manifestou contrário ao retorno das visitações e solicitou à SEJUS que reveja essa decisão mantendo as visitações suspensas até que os Policiais Penais e demais servidores estejam imunizados.

Mesmo com todas as ações de conscientização e preventivas por parte do sindicato, inclusive no âmbito judicial, o índice de Policiais Penais infectados, casos graves e óbitos em decorrência da COVID-19 é alarmante. Por essa razão, nesta segunda (17), o Singeperon oficiou à SEJUS requerendo que as visitações continuem suspensas até que os servidores do Sistema Prisional tenham recebido a segunda dose da vacina e tenha decorrido o tempo necessário para a imunização eficaz.

O Governo do Estado, apesar das recentes divulgações, ainda não concluiu a imunização dos servidores que desde o início da pandemia estão na linha de frente e é inadmissível que empreenda esforços neste momento para autorizar visitações e elevar o risco de infecção dos servidores do Sistema Prisional.

“Precisamos Vacinar e não de ações que contribuam com o descontrole da Pandemia!”, afirmou a presidente Daihane Gomes.

 

 

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *