Comissão debate legislação sobre saúde mental de profissionais de segurança

A audiência pretende debater o aperfeiçoamento da legislação vigente e, dessa forma, amenizar os efeitos sofridos pelos agentes de segurança pública no desempenho de suas funções.

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na próxima terça-feira (1) para debater o Projeto de Lei 4815/19, que trata da implementação de ações de assistência social, promoção da saúde mental e prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança pública.

O debate será realizado no plenário 7, às 16 horas. O evento atende a requerimento da deputada Policial Katia Sastre (PL-SP).

Participam do debate, entre outros convidados, a socióloga e coautora da obra “Por que policiais se matam?”, Fernanda Novaes Cruz; o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luiz Antônio de Araújo Boudens; e a coordenadora da área de Segurança Pública e Saúde do Trabalhador do Instituto de Pesquisa, Prevenção e Estudos em Suicídio (Ippes), Meire Cristina de Souza.

Legislação
Katia Sastre lembra que não é de hoje que agentes de segurança pública vêm sofrendo com uma grande carga emocional no desempenho de suas funções. “A própria especificidade da profissão já traz, em si, uma maior probabilidade desses profissionais desenvolverem doenças psicossomáticas, que são causadas por problemas emocionais e representam a ligação direta entre a saúde emocional e a física”, afirma.

Segundo a deputada, a audiência pretende debater o aperfeiçoamento da legislação vigente e, dessa forma, amenizar os efeitos sofridos pelos agentes de segurança pública no desempenho de suas funções.

 

 

Por Agência Câmara de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *