Castelo de areia: Polícia Penal evita mais uma fuga no Presídio de Ariquemes

A superlotação, os problemas na estrutura física e o baixo número de Policiais Penais por plantão, já contribuíram para as 18° fugas já registradas.

Nesta terça-feira (27) Policiais Penais que atuam no Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO),  descobriram um túnel e evitaram uma fuga em massa. Por volta das 05:00hs da manhã, Policiais de plantão ouviram barulhos estranhos vindo do Pavilhão Inclusão e foram averiguar do que se tratava, chegando ao local se depararam com um túnel dentro de umas das celas.

Os presos cavaram o buraco dentro do banheiro onde fica a tubulação do sanitário “BOI,” a cela estava em média com 07 presos. As escavações já estavam avançadas e quase chegando na parte externa dos Pavilhões, graças a ação rápida dos Policiais, evitaram mais uma fuga de grande proporção, caso tivessem êxito nessa fuga, essa seria a 19° fuga do Presídio.

A superlotação, os problemas na estrutura física e o baixo número de Policiais Penais por plantão, já contribuíram para as 18° fugas já registradas, é o que aponta um relatório do Ministério Público Estadual.

Segundo informações, a estrutura do Presídio é muito precária, conforme apurado, os servidores já tinham alertado os responsáveis antes mesmo da inauguração do Presídio, alertando sobre o material que não era de boa qualidade, além da estrutura que não estava colocada de forma correta, no entanto, não deram ouvidos aos servidores que trabalham diariamente no local e sabem como tudo deveria funcionar.

O SINGEPERON parabeniza a ação rápida dos Policiais Penais de plantão, graças a experiência desses servidores, evitaram danos maiores à sociedade. Mesmo sem a devida estrutura e com o efetivo baixo, realizaram o trabalho com bravura, dedicação, determinação e coragem.

Confira a galeria fotos

 

 

 

Fonte: Assessoria – SINGEPERON 

One thought on “Castelo de areia: Polícia Penal evita mais uma fuga no Presídio de Ariquemes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *