Autorização para concurso da Polícia Federal movimenta veículos especializados

Em lives e entrevistas, presidente Boudens esclarece dúvidas de concurseiros.

A informação publicada por vários veículos especializados de que a autorização para realização para o próximo concurso da Polícia Federal já está pronta e assinada movimentou o mercado de concursos.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, participou de diversas lives para esclarecer pontos importantes, como a relação entre os cargos. Serão 123 vagas para delegados, 400 para escrivães, 84 para papiloscopistas e 893 para agentes.

Boudens explicou que a distribuição de vagas começa a corrigir a distorção na proporção de vagas entre delegados e os outros cargos. Para ele, é preciso levar em conta que a Polícia Federal está cada dia mais especializada e quanto mais se abrir o espectro de conhecimento, melhor para a corporação. “É interessante que tenhamos profissionais de áreas além do Direito, porque acreditamos que essa multidisciplinaridade fortalece a Polícia Federal. As diversas áreas em que a PF passou a atuar depois da Constituição criou essa necessidade”, diz.

A Fenapef acredita que a Polícia Federal poderia ser ainda mais efetiva se todos os candidatos entrassem por uma mesma porta, na base da carreira e fossem crescendo de acordo com sua capacitação e desempenho.

 

Fonte: Comunicação Fenapef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *