Foragido há 5 anos, traficante mais procurado de RO é preso pela PF

Homem havia sido em preso em 2015 em razão da operação “Nova Dimensão”, pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Federal (PF), através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes/DRCOR/SR/PF/RO, prendeu, na tarde de sexta-feira, 6, um dos foragidos mais procurados do Estado de Rondônia.

Além da Prisão Preventiva, cujo mandado estava pendente de cumprimento há mais de 5 anos, e havia sido expedido pela 1ª Vara de Delitos de Tóxicos de Porto Velho/RO, o foragido também foi preso em flagrante por uso de documento falso, com nome de “Ivaldo” estratégia que utilizava para dificultar sua identificação e prisão.

O foragido havia sido em preso em 2015 em razão da operação “Nova Dimensão”, pelo crime de tráfico de drogas, associação ao tráfico, lavagem de dinheiro e porte ilegal de arma de fogo, mas acabou sendo solto 5 dias após a prisão, por erro de informações, estando foragido desde então.

Em 2016, o foragido teve novo pedido de prisão, nos autos da operação “Alpargatas”, da Delegacia da Polícia Federal de Guajará-Mirim/RO, onde foram apreendidos 131 kg de drogas, mas não fora localizado.

Após a lavratura do flagrante e exame de praxe no Instituto Médico Legal (IML), o preso foi encaminhado à Cadeia Pública de Porto Velho/RO, permanecendo agora à disposição da Justiça Estadual.

A Polícia Federal aproveita para reforçar que qualquer pessoa pode colaborar prestando informações que ajudem no combate aos crimes, sendo sempre mantido o sigilo da fonte.

 

Fonte: Assessoria

Categorias:Polícia em Geral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s