Mega Operação: PMRO cerca área de conflito agrário e aguarda ordem judicial

A medida foi solicitada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) que após uma intensa investigação conseguiu identificar a maioria dos envolvidos.

Toda a área do ramal rio Madeira, na fazenda conhecida como “Galo Velho” está cercada desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (08) no distrito de Mutum-Paraná, em Porto Velho (RO).

A ação deflagrada pela Polícia Militar visa prender os envolvidos na execução a tiros de dois policiais militares (tenente Figueiredo e sargento Rodrigues) no último sábado (03). Outras seis pessoas ficaram feridas.

Com o cerco montado, os policiais estão aguardando somente a autorização judicial que está chegando  junto com Oficiais de Justiça. A medida foi solicitada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) que após uma intensa investigação conseguiu identificar a maioria dos envolvidos.

 

Com informações Rondoniaaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *