Familiares de detentos não obedecem isolamento social e fazem tumulto em frente ao URSO BRANCO

O Decreto determina medidas temporárias de isolamento social restritivo, visando a contenção do avanço da pandemia.

Mais uma vez, nossa equipe recebeu denúncias onde mostram pessoas tumultuadas em frente de algumas unidades prisionais de Porto Velho/RO, dessa vez, os familiares do detentos do presídio provisório – URSO BRANCO, também não respeitaram o isolamento social, decretado pelo governo de Rondônia, através do decreto N° 25.113, de 5 de junho de 2020.

O Decreto determina medidas temporárias de isolamento social restritivo, visando a contenção do avanço da pandemia do novo Coronavírus – COVID-19, nos municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari.

Segundo apurado, não é proibido levar materiais (jumbos) para os referidos presos, o que é proibido é fazer tumulto em frente às unidades prisionais, assim como determina o decreto de isolamento social.

Servidores temem a proliferação do vírus nos presídios, devido o recebimento desses materiais que possam estar contaminados, assim passando para os servidores e posteriormente para os apenados.

 

Fonte: Rondoniaemqap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *