Coronavírus já infectou quase 300 servidores da segurança pública de Rondônia

O maior número de infectados está na Polícia Militar (PM): são 142. Já a Polícia Penal contabiliza 72 profissionais com a Covid-19.

Quase 300 profissionais da segurança pública de Rondônia já foram infectados pelo novo coronavírus, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponíveis até esta sexta-feira (12).

O maior número de infectados está na Polícia Militar (PM): são 142. Já a Polícia Penal contabiliza 72 profissionais com a Covid-19.

Segundo a Sesau, o Corpo de Bombeiros tem 41 casos de coronavírus entre os servidores e 39 na Polícia Civil, sendo a corporação com menor número de infectados. O setor de perícia é o único sem servidor positivado com o vírus.

Profissionais já recuperados

Dos 142 PM’s que já contraíram a Covid em Rondônia, 74 estão curados. Nos Bombeiros, 25 servidores já se recuperaram do coronavírus.

A Sesau também diz que outros 17 agentes da Polícia Penal estão curados. Na Polícia Civil, a recuperação chegou a 15 policiais.

Casos suspeitos

Além de ter o maior número de casos já confirmados, a PM também tem o maior número de profissionais com a suspeita da doença: 145. Na Polícia Penal há 95 agentes de Rondônia com sintomas e suspeita da Covid-19.

No Corpo de Bombeiros, até esta sexta-feira, 15 profissionais estão afastados por estarem com suspeita do coronavírus. Há 37 casos suspeitos na Polícia Civil do estado e 3 na Perícia.

Óbitos

A Polícia Civil é a instituição de segurança do estado com mais óbitos de servidores. Dois policiais já morreram em decorrência da Covid-19. Uma das vítimas é Dionísio Ferreira Lopes, de Guajará-Mirim, que morreu na noite de sábado (6).

A PM tem uma morte por coronavírus, a do cabo Adriano Rogério Dias Lima, de 40 anos. Ele faleceu também no sábado, dia 6 de junho, em Porto Velho.

Cabo da PM faleceu no último fim de semana em Porto Velho — Foto: PM/Divulgação

Cabo da PM faleceu no último fim de semana em Porto Velho

Na Polícia Penal há uma morte decorrente da doença, a da agenteLaudicéia Bezerra Siqueira Campos, de 34 anos. Ela faleceu no dia 2 de junho, em Porto Velho.

Policial penal Laudicéia Bezerra Siqueira Campos morreu vítima de Covid-19, diz Singeperon. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Policial penal Laudicéia Bezerra Siqueira Campos morreu vítima de Covid-19.

 

Fonte: G1/RO

Categorias:Geral e Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s