Ministério Público de Rondônia pede interdição parcial do Presídio Agenor de Carvalho em Ji-Paraná

Diante dessa situação, o Ministério Público postulou a imediata interdição parcial do estabelecimento prisional.

O Ministério Público do Estado de Rondônia protocolou terça-feira (10/3),na
Vara de Execuções Penais da Comarca de Ji-Paraná, o pedido de interdição parcial do
Presídio Agenor de Carvalho, no município.

O pedido teve por base a fuga de 28 apenados daquela unidade prisional, no dia 5 de
fevereiro deste ano, que ensejou a instauração de procedimento preliminar para
apuração dos fatos (feito nº 2020001010002890), sendo detectado preliminarmente
a falta de segurança da unidade, fragilidade das condições estruturais e risco
iminente para a sociedade local.

Diante dessa situação, o Ministério Público postulou a imediata interdição parcial do
estabelecimento prisional, compelindo-se o Estado de Rondônia a tomar as medidas
básicas para restabelecimento da ordem e disciplina.

Fonte: Departamento de Comunicação Integrada (DCI/MPRO)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s