Líder do motim da PM no Ceará se apresenta à Justiça Militar, mas é liberado

O magistrado determinou que Sabino fique seis meses longe de quartéis militares.

O ex-deputado federal Cabo Sabino se entregou à Justiça Militar do Ceará na noite desta quinta-feira 5/III e foi liberado logo em seguida. Havia um mandado de prisão aberto contra ele por suspeita de liderar o motim de policiais militares no estado.

No entanto, o juiz Roberto Soares Bulcão Coutinho revogou o mandado de prisão, alegando que, com o fim do motim, a liberdade do ex-deputado não oferece risco à ordem pública. O magistrado determinou que Sabino fique seis meses longe de quartéis militares.

Em publicação no diário oficial do estado do Ceará, Cabo Sabino foi classificado como líder da manifestação. Durante o motim, a Controladoria Geral de Disciplina afastou o ex-deputado da PM por “incapacidade moral do mesmo de permanecer nos quadros” da segurança pública do estado.

 

 

Fonte: G1

Categorias:Geral e Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s