Nova lei prevê apreensão de arma de fogo usada contra a mulher

Relatora da proposta no Senado, entende que a apreensão da arma de potenciais agressores pode ser a diferença entre a vida e a morte de diversas mulheres.

Nova alteração na Lei Maria da Penha, foi sancionada em outubro e prevê a apreensão de armas de fogo registradas em nome ou sob posse do agressor em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. A nova lei (Lei 13.880, de 2019) também exige a notificação da ocorrência à instituição responsável pelo registro ou pela emissão de porte da arma. A senadora Leila Barros (PSB-DF), relatora da proposta no Senado, entende que a apreensão da arma de potenciais agressores pode ser a diferença entre a vida e a morte de diversas mulheres.

 

Fonte: Agência Senado

Categorias:Segurança Pública

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s