ASSFAPOM aciona justiça para impedir que PMs façam policiamento em evento particular

Os militares não irão receber nenhum valor para efetivar tal escala.

A ASSFAPOM, através de seu presidente, Jesuíno Boabaid, estará acionando o judiciário para impedir que policiais militares façam o Policiamento Ostensivo dentro de um evento particular, (carnaval fora de época) no Parque dos Tanques no dia 9 de agosto de 2019.

Os militares não irão receber nenhum valor para efetivar tal escala, sendo que não é a primeira vez que militares são submetidos a esse tipo de situação.

Não existe previsão Constitucional para que os militares façam esse tipo de policiamento dentro de um local particular e com fins lucrativos para seus idealizadores.

 

Fonte: ASSFAPOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *