Denúncia grave: Apenado ex-delegado tem regalias dentro de Presídio e da PM/RO

Segundo eles, o apenado vem causando problemas com os servidores e demais presos que convivem com ele.

Conforme denúncias de servidores que não quiseram se identificar para não sofrerem represálias, o ex-delegado da Polícia Civil de Rondônia, LOUBIVAR DE CASTRO ARAÚJO, que matou a sangue frio seu próprio colega de trabalho, encontra-se preso atualmente na Penitenciária Aruana de Porto Velho, segundo os relatores, a todo tempo o apenado fica inventando algum tipo ameaça contra sua vida, sempre faltando com a verdade.

Segundo eles, o apenado vem causando problemas com os servidores e demais presos que convivem com ele, a todo tempo ele vem tentando sua transferência para uma Unidade Provisória Especial, a qual é comandada pela Polícia Militar, que é somente para presos provisórios. Contudo vem subvertendo a verdade para conseguir tal transferência.

O ex-delegado foi solicitado pelo Diretor do CCPMRO para trabalhar na construção do antigo complexo de correição, sendo autorizado a sair juntamente com mais 03 internos. No entanto, o ex-delegado ao invés de ir para o complexo trabalhar na construção, o mesmo fica na administração do CCPM, localizada no CIOPE esquina com Jorge Teixeira e Imigrantes, veste paletó e gravata parecendo um delegado, assume o posto de presidente de comissão de PAD, realizando e finalizando relatórios e IPM´S, ou seja, o mesmo é liberado para uma função e acaba burlando a Administração da Unidade. Após seu expediente na ADM do CCPM às 13:30hs, o mesmo é levado para a construção e lá fica sem fazer nada até às 18:30hs.

Conforme os denunciantes, como se não bastassem todas essas regalias, a mulher do ex-delegado está o tempo todo no presídio, levando roupas, sapatos, gravatas etc.. Uma imoralidade e totalmente ilegal, pois tem acesso livre com sua esposa, tendo um tratamento diferenciado dos demais apenados.

Finalizam que, o apenado ex-delegado foi condenado em 14 anos de prisão, sai sem autorização judicial e ainda tem as regalias oferecidas pela Direção do CCPM. Os servidores frisam que eles não tem nada contra o trabalho do interno, mas esse apenado se Autointitula Dr. Loubivar. Conforme eles, o apenado vem realizando um assassinato ao direito, arrumando confusão e burlando as autoridades.

Nossa equipe tentou contato por telefone com a Secretária da Sejus para comentar sobre o caso, mas até o fechamento desta matéria não obteve sucesso.

 

 

Fonte: Rondoniaemqap 

Anúncios

Categorias:Sistema Prisional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s