PERIGO: Alunos do curso de formação de soldado da PM são escalados para trabalharem em presídios

Além disso, os oficiais têm usado a mão de obra desses alunos para trabalharem no carnaval.

Nossa equipe apurou os fatos e foi constatado que os alunos do curso de formação da Polícia Militar de Rondônia, foram escalados para trabalharem nos presídios de Porto Velho.

Conforme escala de serviço dos recrutas, os alunos foram escalados devido a intervenção dos presídios, os alunos foram convocados a se apresentarem nas unidades prisionais nesta segunda-feira (11).

Segundo apurado, não se trata de estágio dos alunos, mas sim de trabalho mesmo, os alunos foram escalados para suprir o efetivo dos agentes penitenciários, devido a deflagração de greve geral da categoria que começará nesta terça-feira (12).

Foi apurado que os respectivos alunos não tiveram instrução de armamento calibre 12, arma essa usada para contenção na segurança nas unidades prisionais, nem ao menos estagiaram nas unidades prisionais para conhecerem a realidade.

O governo de Rondônia além de efetivar policiais da reserva remunerada (RRs) para exercerem funções nos presídios proibido em lei, agora vai além, colocam jovens alunos sem nenhuma experiência para executarem as atividades de alto risco que é exercida pelos agentes penitenciários.

Além disso, os oficiais têm usado a mão de obra desses alunos para trabalharem no carnaval, mesmo com pouca experiência e ainda aprendendo a manusear armas de fogo, cada aluno usou uma arma .40 na cintura.

Nesse mesmo rol de polêmicas, o Ministério Público do Estado do Piauí expediu uma recomendação ao Comando Geral da Polícia Militar para que os cerca de 320 alunos do curso de formação de soldados (CFSD/2018) sejam retirados das ruas, onde cumpriam estágio.

Segundo o documento do promotor Elói Pereira de Sousa Júnior, os alunos devem ser retirados por serem ainda cidadãos civis exercendo atividades próprias de policiais militares, estando fardados e armados. Como não ainda não foram nomeados, eles não estão sujeitos ao Código Penal Militar, ao Código de Processo Penal Militar ou ao Regulamento Disciplinar da Polícia Militar.

Por fim, o argumento do membro da 48ª Promotoria de Justiça é evitar o risco exposto à sociedade e aos próprios alunos do curso de formação, ao se permitir que estes assumam responsabilidades de militares, antes de legalmente investidos nos cargos.

Diante da decisão do MP do Estado do Piauí, podemos ver a gravidade do assunto, no entanto, o governo de Rondônia faz diferente, mandando os alunos para trabalharem até mesmo dentro dos presídios, indo contra as normativas e leis que regem o sistema penitenciário.

Veja a escala de serviço dos alunos

 

 

 

Fonte: Rondoniaemqap

Anúncios

Categorias:Sistema Prisional

8 respostas

  1. Os alunos a sd pm estão mais preparado que os agentes, o curso de agente é 45 dias, os alunos ja estão em 3 meses e bem mais preparados que os agepens, eles tem discilplina!

    Curtir

  2. Engraçado que tem franguinho achando essa matéria, só li verdades, curso da PM é uma coisa, curso de agepen é outro, não tem nada haver um curso com o outro. É totalmente diferente um do outro, quando estiverem lá no presidio vão ver a diferença, esses 90 dias de curso não tem nada haver com o sistema penal, tem novinho voando na maionese.

    Curtir

  3. Só constando, os alunos do CFSD já estão com mais de 90 dias de curso e mais de 90 disparos de .40. E o curso de agepen são longos 45 dias sem a ralação e hierarquia que há na PM. Com base nisso tira a conclusão que falta só experiência com o presídio, pois capacidade todos tem. Façam a sua greve de boa, não desmereçam os alunos do CFSD.

    Curtir

    • Os agentes penitenciários de fato fazem 45 dias de escola, no entanto esta escola e voltada para o sistema penitenciário, e não para a rua como a PM, além do fato que quando entram novas turmas no sistema já existem outros mais experientes par dar suporte para os novos recrutas. São profissionais distintos sem comparação.

      Curtir

  4. Este governo está tentando faseroque mesmo em?.A menos que esteja tentando ver um suicídio em massa, é isso?.E isso é porquê é um coronel que tantos anos passou na ativa e tem conhecimentos necessários para saber que alunos são alunos,E não poden e nem deve serem usados em linha de frente de um eventual conflitos carcerário..

    Curtir

  5. Fizeram tanta questão de ser Polícia agora estão com medinho, vai entender… tinham que estarem é feliz que agora tem um emprego e honrar a farda. Tá achando ruim pede pra sair e fica em casa todos os dias!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s