GUARITAS ABANDONADAS: Serras e celulares são jogados para dentro do presídio 470

“Provavelmente os meliantes sabiam que os policiais militares não faziam a segurança externa no período noturno.” Disse um servidor.

Na manhã deste domingo (17), agentes penitenciários do presídio Milton Soares de Carvalho (470), de Porto Velho, encontraram serras e celulares próximo ao alambrado do presídio.

Os agentes realizavam rondas de rotina e encontraram os objetos ilícito dentro de um embrulho, quando os agentes foram averiguar o pacote, encontraram 10 pedaços de serras, 2 celulares, 2 carregadores e 1 fone de ouvido.

“Provavelmente os meliantes sabiam que os policiais militares não faziam a segurança externa no período noturno, sabendo dessa fragilidade aproveitaram para tentar jogar os ilícitos para os presos de algum pavilhão.” Relataram servidores.

Narram ainda que, poderia ocorrer uma fuga em massa, pois durante a noite fica apenas 08 (oito) agentes penitenciários para uma população carcerária de em media 350 a 400 presos, sendo impossível manter a segurança no entorno da unidade prisional.

 

 

Fonte: Rondoniaemqap

Anúncios

Categorias:Sistema Prisional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s