PERSEGUIÇÃO: Secretária da Sejus manda colocar agente penitenciário à disposição

Secretária da Sejus, Etelvina Rocha

A “queda de braço” entre o governador Marcos Rocha, secretária da Sejus, Etelvina Rocha, Coordenador do Sistema Penitenciário, Célio Luiz de Lima e interventor do Sistema Penitenciário, Cel. Alexandre Santos de França, com os agentes penitenciários de Rondônia, parece não ter fim, o Coronel Fábio Alexandre colocou à disposição um agente penitenciário que exercia suas funções no presídio Médio Porte (Pandinha).

O servidor em comento é o mesmo que recebeu voz de prisão do supracitado coronel, onde gerou revolta e indignação por parte da categoria. O servidor foi colocado à disposição sem justificativa, ou seja, não havia motivo algum para coloca-lo à disposição.

Vale ressaltar que, nas audiências de conciliação no juizado especial entre o Singeperon e o governo, foi solicitado o fim das perseguições, mas o governo insiste nas perseguições e opressões contra os servidores.

Veja o memorando abaixo

 

Fonte: Assessoria-Singeperon

Categorias:Sistema Prisional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s