Governador é contra chamar remanescentes do concurso da PM de 2014 e sugere que voltem ao banco escolar

Na ocasião, o governador afirmou que quem ficou na 751ª colocação “é muito fraquinho e tem de voltar aos bancos escolares”.

O governador Daniel Pereira (PSB) sugeriu que os candidatos do concurso da Polícia Militar realizado em 2014 – que ainda não foram chamados pelo Governo para tomar posse – voltem ao banco escolar, “pois são muito fraquinhos”.

Daniel fez esta declaração durante reunião com policiais militares. Na ocasião, afirmou que quem ficou na 751ª colocação “é muito fraquinho e tem de voltar aos bancos escolares”.

Segundo o governador, o edital previa que seriam chamados 400 aprovados. “Eu trouxe (para o Governo) 740 candidatos e continuo trazendo mais. Sou contra isso. Nós fizemos um concurso de segundo grau e agora se exige nível superior. Foi a própria PM que quis assim”, disse o governador.


ZERO 1

Fazendo uma comparação entre os que foram aprovados nas quatrocentas vagas e os remanescentes, que lutam para serem contratados, Daniel disse que o “Zero 1” é o cara, “mas nós  estamos premiando o 0 751”.

Segundo Daniel Pereira, o Zero 1 é o melhor preparado, se sacrificou, correu. O governador disse que se não chamar os remanescentes do concurso de 2014 estará fazendo um bem para a PM, cujos policiais poderão se tornar os mais bem pagos do Brasil.

Fonte: Tudorondonia

Anúncios

Categorias:Mais notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s