Acordo garante treino de mais 400 candidatos a policiais e a 33 bombeiros militares de RO

Ele também observou a necessidade de que a contratação seja feita com responsabilidade para que não gere impacto financeiro.

Pelo menos mais 400 candidatos a policiais e 33 a bombeiros militares, aprovados no concurso público realizado em 2014 pelo governo do Estado de Rondônia, iniciarão até o dia 5 de julho curso de formação na Academia de Polícia para ingresso nos quadros das duas instituições, à medida em que forem se aposentando os atuais efetivos. Acordo nesse sentindo foi assinado na manhã desta terça-feira (22) pelos Poderes Executivo e Legislativo com a participação dos remanescentes, após reunião que discutiu a proposta mais viável, não apenas aos concursados, como também ao governo estadual e à Polícia Militar, que há um ano tenta reestruturar o quadro, conforme revelou o secretário executivo do governo, capitão Marcelo Victor Duarte Corrêa. O concurso realizado há quatro anos pelo então governador Confúcio Moura ofereceu 440 vagas, todos já treinados, estando hoje 300 em atuação.

O acordo assinado pelo governador Daniel Pereira, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, representando os demais 23 deputados estaduais, o Poder Legislativo irá destinar recursos do seu orçamento para o treinamento dos novos militares, enquanto o governo assumiu o compromisso de convocá-los com a abertura das vagas dos policiais que entraram com o pedido de ingressar na reserva, e após este processo passarão a receber seus benefícios através do Instituto de Previdência (Iperon), possibilitando a progressão funcional de muitos policiais da ativa que aguardam há anos e, consequentemente, novas contratações. Há pelos menos 400 pedidos de policiais para a reserva.

Na solenidade, Daniel destacou a importância do ato como algo que marcará, não a trajetória dele como governador e dos deputados estaduais, mas a vida dos futuros policiais e bombeiros. Ele também observou a necessidade de que a contratação seja feita com responsabilidade para que não gere impacto financeiro negativo e no futuro outros gestores sejam obrigados a demitir servidores.

Aos candidatos a um dos cargos de maior exposição à violência, Daniel Pereira anunciou que o governo de Rondônia pretende tornar o trabalho policial menos arriscado, trabalhando com a base de tudo, que são as crianças, e para isso garantiu a adesão de 100% dos 52 municípios do estado ao Selo Unicef, que prevê ações voltadas à saúde, educação e assistência social.

O governador ainda citou que Rondônia é o terceiro estado brasileiro a realizar termo circunstanciado de ocorrência com o uso de tablet, que em breve os policiais utilizarão câmeras para que todas as ações sejam registradas. Ele lembrou que Rondônia também é um dos pioneiros aderir ao Sistema de Legitimação à Distancia (LEAD) Para garantir mais segurança e agilidade na resposta a casos em que a Polícia Civil precisa identificar digitais ou corpos de desconhecidos que dão entrada no Instituto Medico Legal de Rondônia.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Anúncios

1 resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s