Direitos Humanos não quer violência em manifestações e eventos

O texto proíbe, em qualquer hipótese, o uso de armas de fogo, balas de borracha, eletrochoque e bombas de efeito moral ou armas químicas, como o gás lacrimogênio

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados discute nesta quarta-feira (16) a aplicação do princípio da não violência e a garantia dos direitos humanos no contexto de manifestações e eventos públicos. O debate foi uma sugestão do deputado Luiz Couto (PT-PB).

O parlamentar destaca que a Comissão de Direitos Humanos analisa o Projeto de Lei 6500/13, que dispõe sobre o assunto. O texto proíbe, em qualquer hipótese, o uso de armas de fogo, balas de borracha, eletrochoque e bombas de efeito moral ou armas químicas, como o gás lacrimogênio.
Foram convidados para o debate, entre outros: 

  • a assessora de Advocacy da Rede de Justiça Criminal, Andresa Porto; 
  • a coordenadora do Centro de Referência Legal em Liberdade de Expressão e Acesso à Informação – Artigo 19, Camila Marques; e 

  • a procuradora federal dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal, Débora Duprat.



Fonte: Agência Câmara Notícias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s