URGENTE: Princípio de motim é registrado no Pandinha

Cama de concreto (jega), arrancada pelos detentos para usarem como armas

Nesta sexta-feira (09), por volta das 10:00hs, houve um princípio de motim no presídio de médio porte pandinha, em Porto velho.

Conforme apurado, detentos de uma determinada cela desobedeceram e insultaram agentes penitenciários, foi pedido para os detentos saírem da cela que estavam fazendo baderna, não obedecendo a voz de comando do servidor.

Diante disso, os agentes penitenciários abriram à cela para os presos saírem, mas eles se recusaram e começaram proferir palavras de baixo calão contra os agentes, agentes Penitenciários de outras unidades foram ajudar no apoio.

A situação ficou mais crítica, quando os apenados começaram a jogar pedaços de concreto nos servidores, foi preciso revidar com tiros de munição anti-motim, mesmo assim, os detentos insistiam em permanecer na cela, foi preciso usar a força moderada para retirada dos apenados.

Os apenados à todo tempo gritavam que não iam sair e se eles entrassem na cela, iriam matar os servidores, os detentos derrubaram a cama de concreto (jega) e arrancaram os ferros para usar como armas.

Nesta sexta, era dia de vista dos apenados,  as visitantes já estavam no celão fazendo a visitação dos apenados, foi preciso cancelar a visita para manter a segurança dos visitantes.

Local aonde estava a cama de concreto (jega)

P_20180209_110444_1

Ferro usado como lança para tentar contra vida dos agentes penitenciários



Fonte: Rondoniaemqap

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s