Léo Moraes estabelece prazo para MENP se posicionar quanto às convocações de socioeducadores

O parlamentar deu o prazo de 15 dias para à MENP se manifestar sobre as convocações dos aprovados.

O deputado Léo Moraes (PTB) presidiu a audiência de instrução legislativa realizada na segunda-feira (13), para discutir a criação da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Feasa), vinculada à Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas). E também à convocação dos aprovados do último concurso para socioeducadores.

Participaram da audiência, o Juiz da infância e juventude, Dr. Marcelo Tramontini, Promotor da infância e juventude Dr. Everson Pini, secretária adjunta da SEJUS Sirlene Bastos, e representando a superintendência de assuntos estratégicos, Rosana Cristina Vieira, dentre outras autoridades.

Após várias deliberações e exposições de idéias dos que estavam presentes, ficou claro para os aprovados que se encontravam presentes na audiência, que é consenso de todos os membros representantes do judiciário, que a SEJUS tem que realizar à convocação dos aprovados, por simplesmente se tratar de reposição de servidores, onde não irá gerar nenhum ônus para o Estado, já que as vacâncias foram este ano.

Segundo o representante dos aprovados, Sr. Raul Souza, há resultados negativo dentro das unidades socioeducativas, devido o baixo efetivo, colocando em risco a vida dos servidores e prejudicando o andamento das atividades. Disse também que, o processo das convocações dos aprovados se encontram pronto desde o mês de agosto na SEJUS, aguardado para que seja colocado em discussão na MENP (mesa de negociação permanente).

Raul Souza destaca que, se o Estado realmente quer solucionar ou pelo menos amenizar o problema do sistema socioeducativo, essa é a hora, pois temos o apoio do judiciário e do Ministério Público, que viu as necessidades e reconheceu que é necessário convocar os aprovados.

O Deputado Léo Moraes fez encaminhamento a MENP e estabelece o prazo de 15 dias para a mesma se manifestar sobre as convocações dos aprovados.

“Os aprovados estão ansiosos e esperam uma notícia positiva no dia 28 de novembro, quando se encerrará o prazo dos 15 dias, estabelecido na audiência de instrução legislativa, o curso de formação dura 45 dias, se esses aprovados fossem convocados no inicio de dezembro, na segunda quinzena de janeiro já estariam aptos a trabalharem”. Destacou Raul Souza.

Fonte: Rondoniaemqap

Anúncios

Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s