Caso de Ariquemes: Agente Penitenciário registra BO contra Tenente da PM

O Agente afirma ser mentirosa e caluniosa, e, ainda vergonhosa as atitudes do Tenente.

Uma ocorrência envolvendo o agente penitenciário Jairo e o Tenente da Polícia Militar Juliano, no presídio de Ariquemes, gerou uma grande repercussão, também foi publicado uma matéria sobre o caso em um site local da capital, somente a versão do PM, que narrou a ocorrência em uma delegacia de Polícia Civil de Ariquemes no dia 09 de Setembro do corrente ano.

O Tenente, juntamente com sua guarnição, registrou uma extensa ocorrência contra o diretor interino do presídio de Ariquemes, Agente Penitenciário Jairo, por prevaricação, desacato, injúria real, desobediência e direção perigosa. Sobre a ocorrência narrada pelo Policial, o agente penitenciário afirma ser mentirosa e caluniosa, e, ainda vergonhosa as atitudes desse Tenente, que chegou a um ponto extremo.

Conforme apurado, já houve problemas anteriores com esse mesmo Policial, gerando discórdias entre o PM e os agentes penitenciários daquele presídio.

Entenda o caso

Tudo começou devido um soldado da PM avistar a equipe do GAPE almoçando em um restaurante, devido a demora até chegar na unidade, eles foram almoçar com a autorização do diretor, pois eles iriam ficar na unidade dando apoio o dia todo, esse soldado da PM não gostando do que viu, comunicou ao seu superior Tenente Juliano, gerando a partir daí a discussão.

Conforme servidores que se encontravam no local, não houve agressão contra o Tenente, as afirmações dele são mentirosas, alegando que foi agredido na boca pelo agente Jairo, também não houve fuga pela equipe do GAPE, a discussão começou, quando o Tenente indagou o diretor, já de forma grosseira e abusiva e ainda gritou na presença de todo o plantão, que o diretor era incompetente e irresponsável, e que iriam responder por abandono de posto.

“O que houve foi uma atuação desesperadora, covarde e vergonhosa por parte desse Tenente, gerando grandes transtornos e causando um clima tenso e preocupante entre as duas classes. Não é a primeira vez que ele causou confusão desse tipo contra a categoria.” Afirmaram.

O agente penitenciário Jairo, juntamente com toda a equipe de plantão, inconformados com essa atitude, registraram um BO contra o Tenente da PM Juliano, por abuso de autoridade.

Ocorrência do Tenente Juliano contra os servidores, os servidores rebateram  e disseram ser infudadas as afirmações, realizando um BO contra Juliano.

Fonte: Rondoniaemqap

Anúncios

Categorias:Sem categoria

2 respostas

  1. Desacato e desobediência? Pelo que eu saiba, a jurisprudencia entende nao haver desacato entre funcionários publicos no exercicio da sua funcao, e desobediência?abandono de posto? Nao sabia que os agente sao subordinados, inclusive, administrativamente à polícia militar

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s