Polícia Civil investiga assassinato de apenado em presídio de Vilhena

A Polícia Civil de Vilhena (RO) está investigando a morte de um apenado de 30 anos, durante o banho de sol, no Centro de Ressocialização Cone Sul. O crime foi na tarde de segunda-feira (10). Conforme a polícia, a vítima, identificada como Isac Saturnino Bento, morreu ao ser atingida por golpes de um ‘chucho’. Isac cumpria pena por latrocínio.

Conforme registro policial, a vítima estava no banho de sol, quando aconteceu uma confusão generalizada na unidade. Logo depois a vítima foi ‘encurralada’ em um canto e agredido. Os agentes penitenciários deram um tiro para parar a confusão.

Após a dispersão, a vítima correu do local da agressão por alguns metros e caiu ao chão já com a perfuração do objeto pontiagudo. De acordo com o boletim, a vítima foi socorrida por alguns apenados e encaminharam Isac para a enfermaria do local. Um dos apenados que socorreu a vítima também afirmou que estava ferido.

O chefe de segurança repassou a informação ao chefe administrativo, que acionou o Corpo de Bombeiros, onforme consta no boletim, a vítima teria chegado sem vida ao Hospital Regional (HR) de Vilhena. Depois do crime no presídio, a direção convocou a Policia Militar (PM) e agentes penitenciários que estavam de folga para realizarem uma nova revista na unidade.

Durante a revista, cerca de cinco apenados tentaram iniciar novamente um tumulto, que foi rapidamente cessado pela equipe penitenciária e militares presentes. Os apenados foram isolados e, com a ajuda da pericia técnica da Policia Civil, foram encontrados um ferro pontiagudo conhecido como ‘chucho’ e duas facas artesanais.

O diretor do Centro de Ressocialização, Nilton Gomes Cordeiro contou ao G1 que o suspeito de 21 anos se entregou junto com a arma usada.

Em nota, a Secretaria de Justiça de Rondônia, (SEJUS) confirmou que o suposto autor do assassinato está isolado dos demais apenados e deverá ser ouvido pelo delegado que investiga o caso.

Fonte: G1/RO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.