Agentes penitenciários dão a Eduardo Cunha o título de “pior preso da Lava Jato”

​O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) se tornou famoso no Complexo Médico-Penal de Pinhais (PR), onde cumpre prisão preventiva desde dezembro de 2016. O motivo, porém, não é nada bonito.

De acordo com os agentes do complexo, Cunha é “o pior preso da Lava Jato”. De acordo com o portal da Veja.com, o político faz reclamações das refeições servidas e dos trabalhos obrigatórios.

Continua depois da Publicidade

No café da manhã, oferecido às 6h, Cunha diz que o pão francês está velho ou amassado. Em um dos relatos afirma que, certa vez, ele recebeu sua marmita de isopor que continha arroz, feijão, tomate, mandioca, alface e bife de alcatra, e disse que não iria comer “aquilo”.

A faxina semanal, obrigatória a todos os presos, também foi alvo de reclamações do ex-deputado. Ele resmungava por ser obrigado a sair de sua cela. Suas reclamações são consideradas pelos carcereiros piores até mesmo das que foram proferidas pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que reclamava até depois do apagar das luzes da prisão, e pelo Renato Duque, que pedia aos agentes para falarem estritamente o necessário com ele.

Fonte: veja

Publicidade

Anúncios

Categorias:Sistema Prisional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s