Coordenador do sistema penitenciário quer tirar direito de servidores garantido em lei

image
Apesar dos vários processos contra o coordenador do sistema penitenciário de RO, Sr. Davi Inácio dos santos filho e demais gestores que estão à  frente da secretaria, crimes como abuso de autoridade, perseguição, assédio moral etc.. parece não está nenhum pouco preocupados com isso, enquanto a justiça tarda em julgar os processos em desfavor representantes da SEJUS/RO, eles tem a ousadia de editarem portarias e fazerem ofícios passando por cima das leis vigentes e a própria constituição federal.

“Chega a ser inacreditável, os gestores da SEJUS passam por cima das leis e a própria constituição federal e ninguém faz nada, nem sindicato e nem a própria justiça, já não sabemos mais o que fazer, estão nos tratando como se fôssemos escravos sem direito a nada, querem nos matar aos poucos, tudo isso por caprichos e dizer quem mandam são eles, eles cometem todos os tipos de crimes e ficam impunes”. Desabafa um agente penitenciário.

A mais nova polêmica que o coordenador Sr. Davi Inácio que se  espalhou nas unidades prisionais do Estado de Rondônia, é que todos os agentes penitenciários que forem trabalhar como voluntários de nas próximas eleições, não iriam gozar dos dois dias de folga, assim como normatiza o código eleitoral brasileiro.

A desculpa da secretaria é a resolução que trata sobre as eleições nas unidades prisionais e uma reunião com o presidente regional eleitoral e demais autoridades, alertando que irá  prejudicar as atividades nas unidades, devido a precariedade do efetivo de servidores, mencionaram assim a resolução N 23.461 que  regulamenta sobre as votações nas unidades prisionais, pois a resolução proíbe dos servidores exercerem as funções de mesários e presidentes nas referidas unidades.

Os gestores usaram de artimanhas para tentar burlar a lei, o presidente regional eleitoral não tem poder para mudar a lei ou exigir alguma coisa, se não tem efetivo nas unidades problema é do Estado e não nosso, agora temos que ser prejudicados por causa da incompetência da secretaria, o art. 120 parágrafo 1 inciso III não proíbe os servidores de não gozarem das folgas, eles usaram a resolução que trata sobre as eleições nas unidades, cabe a secretaria prover efetivo nas unidades e não tirarem um benefício nosso garantidos em lei.
Ressalta um servidor.

Os servidores penitenciários disseram que não aguentam tamanha perseguição e abusos por parte dos gestores da SEJUS, e planejam se unir para fazerem movimentos para reivindicarem todos os tipos de abusos por parte da secretaria de justiça.

image

image

FONTE: RONDONIAEMQAP

0 thoughts on “Coordenador do sistema penitenciário quer tirar direito de servidores garantido em lei

  1. Esse pessoal da secretaria a cada dia faz uma burrada na cara de pau e ninguém faz nada, sacanagem isso, os caras estão a cima da lei é? Sindicato fica só olhando isso e não faz nada.

  2. Não podemos aceitar isso pessoal, temos que fazer movimentos independentes de sindicato, não podemos aceitar tantos abusos assim desses bandos de sei lá o que

  3. Infelizmente a justiça é falha, ainda maisnpara punir pessoas que assumem essas secretarias, pois ficam amaparados pelo governo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.